idéias soltas
Quinhones
Idéias, Memórias, Frases, Textos
comentar
publicado por anita, em 12.11.09 às 21:13link do post |  O que é? |  O que é? | favorito
Fernando Mamede foi um dos grandes meio- fundistas mundiais dos anos oitenta. Começou como corredor de 400 – 800 metros, terminou como recordista mundial de 10.000 metros. E, ao longo de 22 anos de carreira, conheceu apenas um clube, o Sporting.
Mamede era um atleta de duas faces: em meetings, brilhava a grande altura, ganhando, batendo recordes, conseguindo finais de prova entusiasmantes; em grandes competições enervava-se, inibia-se e... desistia.
Foi um problema nunca resolvido e que começou enquanto júnior, nuns Europeus da categoria para os quais partiu como favorito. Problema que atingiu contornos dramáticos nos Jogos Olímpicos de Los Angeles 1984, quando o atleta, recém – recordista mundial e franco favorito, desistiu da prova. Os portugueses nunca esqueceram a madrugada que fizeram á espera de assistirem (pela TV) à conquista de uma medalha...
 
Muitas e muitas vezes penso em Fernando Mamede e em Dom Sebastião que um dia sairá do meio do nevoeiro, como reza a lenda.
Comparo-os muitas vezes também a mim própria, embora sejam duas figuras antagónicas....o que é preocupante para mim!
Cresci ouvindo as notícias deste atleta brilhante, mas que nunca ultrapassou uma qualquer questão psicológica que o paralisava de medo(?) e o fazia desistir. Todos o criticavam e não me lembro dele ter tido ajuda de alguém na época, ou se teve, não se sabe publicamente.
Já Dom Sebastião, fez parte da minha infancia e adolescencia em moldes um pouco idealistas e de esperança vindos da twilightzone.
 
O que é preocupante é que o nosso Portugal Catita ainda vive destas lendas, dos Descobrimentos e das riquezas que tivemos então.
 
Toca a acordar!!!!!
Nada disso existe neste 2009. Sim, já estamos em 2009 e temos de sair do marasmo a que nos habituou o som das ondas em todo o litoral deste país. Temos de parar de ser embalados por esse doce lamento e agir.
Agir.
Pensar.
Errar.
Não ter medo.
Agir novamente.
Vencer.
 
A vida é uma constante Tentativa - Erro.
E não tem mal nenhum, o que custa é a primeira vez.
 
Fernando Mamede continua a ser um dos meus idolos.
E talvez a sua história devesse ser contada, tornada um case studie das turmas de psicologia e finalmente interpretada.
Quem sabe se descobrindo o erro se consiga melhorar outros atletas nessas condições e o país em geral?
 
 

mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

16
17
18
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


pesquisar
 
blogs SAPO