idéias soltas
Quinhones
Idéias, Memórias, Frases, Textos
comentar
publicado por anita, em 29.11.10 às 17:22link do post | favorito

Aquelas quatro mulheres nasceram algures nos anos 40.

Cabelos arranjados, rostos maquilhados, casacos quentes, aquelas mulheres sorriam e falavam umas com as outras animadamente.

Juntamo-nos a elas: com menos 30 e 40 anos, senti-me um pouco deslocada no meio daquela animação.

Não sei se era do frio ou das conversas que nada tinham a ver comigo, mas senti-me inibida a participar (algo raro).

Fiquei quieta a tomar o meu chá e fui observando e ouvindo os sons que vinham daquela mesa.

De repente veio-me à ideia um filme - Manta de Retalhos - How to make an American Quilt, com Winona Ryder.

 

 

 

As estórias foram sendo tecidas ao longo da tarde, ora em diálogos quentes e cheios de humor, ora em surdina, como se de um segredo se tratasse.

Risos.

Gargalhadas.

Corações apertados.

Lágrimas despontando.

 

Estórias de outros tempos. As mesmas estórias de sempre.

Os mesmos encontros e desencontros.

Os mesmos encantos e ilusões.

As mesmas desilusões e queixumes.

 

A mesma vida a ser vivida.

 

Aquelas mulheres não estavam presas ás suas memórias, mas traziam-nas ao presente como que dizendo " Eu também vivi o que estás a viver".

 

Partilham medos e vontades. Esperanças e crenças.

Mas principalmente, partilham Amor.

O que viveram e o que gostariam de ter vivido.

Partilham as suas vidas.

 

Tarde memorável.

Vida incontornável.

 


comentar
publicado por anita, em 29.11.10 às 16:38link do post | favorito

O sítio é o de sempre, as pessoas as mesmas, o sol de Inverno, apetecível e aconchegante.

Os meus olhos vagueiam entre a Tv, o chão de granito e os movimentos de "entra e sai" dos clientes daqueles espaço tão familiar.

O café estava "muito gostoso", alguém dizia. É verdade, mas o donuts teve de voltar para trás, de tão duro, seco e sensaborão estar.

-Hoje é Domingo, não entregam. Queres uma tigelada? Não, não me apetecia mais nada.

A Ana chegou de DN debaixo do braço, -Vai uma cafézinho?- sim, venha mais outro. Bebericamos e conversamos sobre os temas da actualidade e que nos concernem alguma preocupação - os preços crescentes, o iva a 23% para 2011, fórmulas de poupança, hipóteses de micro negócios.

E porque não?

E porque não, mesmo?

 

Preciso de mudar...."Get a life!"

 

Preciso de me sentir permanentemente ocupada com coisas novas, desafiantes, contagiantes e alegres. Que me dêm prazer na sua execução e se traduzam unicamente no meu bem estar emocional.

 

Chega de lamechices.

Chega de Chorar pelos cantos.

Chega de "viajar na maionese"!

Chega de querer o que ninguém quer.

Chega de fazer, ser e estar à minha maneira e querer que os outros sejam da mesma forma.

Chega de abdicar de mim pelos outros e esperar que os outros façam o mesmo.

Chega!

 

A escola da vida ensina-nos muita coisa.

Esta semana passei num "cadeirão" com um "suficiente".

Foi uma nota suficientemente forte para perceber que ainda tenho espaço para crescer bastante.

Mesmo assim, agradeço aos deuses o descernimento, capacidade, bom humor e vontade que tenho para continuar o caminho.

Ouço Poison de Alice Cooper...obrigada.

 

 

From now on, until the good Gods change their minds, it will be: I, Me and Myself.

Kind of selfish way of life.

 


mais sobre mim
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds