idéias soltas
Quinhones
Idéias, Memórias, Frases, Textos
comentar
publicado por anita, em 23.01.11 às 19:11link do post | favorito

"Atrasando o correr da sua noite, dividindo-a em diferentes partes separadas umas das outras, a senhora de T. soube imprimir ao escasso lapso de tempo que lhes coubera como que uma pequena arquitectura maravilhosa, como que uma forma. Imprimir forma numa duração, tal é a exigência da beleza, mas também da memória. Porque o que é informe é inapreensível, imemorizável. Conceber o seu encontro como uma forma foi para ambos muito particularmente precioso, visto que a sua noite ficaria sem amanhã e só na lembrança poderia repetir-se.

 

Há um elo secreto entre a lentidão e a memória, entre a velocidade e o esquecimento. Evoquemos uma situação extremamente banal: um homem caminha na rua. De repente, quer lembrar-se de qualquer coisa, mas a lembrança escapa-lhe. Nesse momento, maquinalmente, o homem atrasa o passo. Pelo contrário, alguém que queira esquecer um incidente penoso que acaba de viver acelera sem dar por isso o ritmo da sua marcha como se quisesse afastar-se depresa do que, no tempo, lha está ainda demasiado perto.

 

Na matemática existencial, esta experiência assume a forma de duas equações elementares:

 

              O grau da lentidão é directamente proporcional à intensidade da memória;

              O grau da velocidade é directamente proporcional à intensidade do esquecimento."

 

In A Lentidão, Milan Kundera

 

Esta pequena passagem do livro de Milan Kundera, remete-nos para a palavra Paulatino, Paulatinamente e outras derivações.

Segundo o dicionário, Paulatinamente é um Advérbio

  

pau.la.ti.na.men.te

  1. de modo paulatino
  2. pouco a pouco, devagar, vagarosamente, com lentidão

Tal e qual Saturno que demora 29 anos para dar a volta ao sol e todos as pessoas por ele regidas, para quem acredita nestas coisas.

 

Podia escrever aqui dezenas de frases feitas acerca desta palavra: Devagar se vai ao longe, Tudo o que demora a conquistar sabe melhor, Devagar e sempre, etc, etc.

 

Mas aderi tão bem a esta conjuntura lenta que ajo paulatinamente, diria que beirando a perguiça e não me pronuncio mais acerca deste tema.

 

Por agora.

 

 

 

 

 


mais sobre mim
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

17
18
19
20
22

25
26
27
28
29

31


pesquisar
 
blogs SAPO